ACRÍLICO

DESCRIÇÃO

A partir do uso do monômero de Metil Metacrilato como matéria prima, obtém-se um polímero transparente, o Polimetrimetacrilato, um produto com brilho e clareza do cristal, mas sem sua fragilidade. A resistência ao impacto dos Polímeros Acrílicos é superior à de qualquer vidro, com total segurança e 50% de redução no peso. O comportamento químico é neutro e em função dos tratamentos especiais que fazem parte deste processo produtivo, os produtos possuem alta resistência mecânica, excelente homogeneidade molecular e mínimo percentual de monômero residual.

APLICAÇÕES

Coberturas arquitetônicas, proteção de segurança, proteção de máquinas, clarabóias, tanques transparentes, luminosos, proteção sonora, móveis, acessórios para decoração, displays para pontos de venda, elementos para filtros, medidores de níveis, tubulações para líquidos corrosivos, visores para tubulação e tanques de distribuição de água, peças técnicas conforme desenho.

CARACTERÍSTICAS E PROPRIEDADES

Propriedades Elétricas: As chapas acrílicas são excelentes isolantes elétricos, com elevada constante dielétrica.

Propriedades Térmicas: As chapas acrílicas são melhores isolantes térmico do que o vidro, e a capacidade de transferência de calor é 4 vezes inferior ao do vidro.

Propriedades Ópticas: As chapas acrílicas possuem transparência de 92-93%, comparada ao vidro que é de 89%. Possuem excepcionais variações de espessura (± 10%), assegurando uma qualidade constante e uma baixa distorção óptica.

Temperatura de Serviço: A temperatura máxima de uso das chapas acrílicas podem alcançar 80ºC, suficiente para aplicações em luminosos e uso em condições externas.

Resistência ao Impacto: As chapas acrílicas possuem resistência ao impacto maior do que qualquer tipo de vidro, incluindo os temperados. Como exemplo, a energia necessária para quebrar um acrílico de 6mm de espessura é 16 vezes maior que a necessária para quebrar um vidro laminado da mesma espessura.

Resistência Química: As chapas acrílicas possuem excelente resistência ao uso de produtos químico, incluindo soluções alcalinas e ácidas como amônia e ácido sulfúrico, hidrocarbonos alifáticos, como hexano e octano.
A resistência química pode se alterar em função das condições de uso (temperatura, pressão, espessura utilizada, tempo de exposição). As sugestões de uso de nossos produtos são baseadas em informações experimentais em condições de laboratório.

Resistência às Intempéries: As chapas acrílicas são excelentes para exposição contínua ao tempo, ao sol e radiações ultravioletas.
Sua resistência às intempéries é superior à qualquer outro tipo de plástico transparente, combinando claridade e resistência com excelente vida útil.

PROPRIEDADES MECÂNICAS

Propriedades

ASTM

Unidade

Acrílico

Tensão ruptura à tração

D 638

P.S.I

8000-11000

Elongação %

D 638

%

2-5

Tensão Ruptura à compressão

D 695

P.S.I

1200-1900

Tensão Ruptura à flexão

D 695

P.S.I

12000-16000 / 12000-16000

Dureza Rockwell

D 790

-

M80-M100

Módulo de flexão

D 785

PSI x 105

3.90-4.75

Módulo de tração

D 790

PSI x 108

3.5-4.5

Módulo de compressão

D 638

PSI x 105

3.9-4.75

Densidade

D 695

g/cm3

1.17-1.20

Condutividade Térmica

D 792

nota (1)

4-6

Calor Específico

D177

nota (2)

0.35

Resistência ao calor contínuo

-

0C

60-93

Temperatura de distorção: 264 P.S.I / 66 P.S.I

-

-

71-102 / 74-113

Resistividade volumétrica

D 648

OHM/cm

>1015

Tensão dielética de ruptura

D 257

nota (3)

450/550

Constante dielética – 60 ciclos

D 149

-

3.3-4.5

Resistência arco voltaico

D 150

seg.

Não sulca

Absorção água (24hs. 1/8″ esp.)

D 495

%

0.2-0.4

Efeitos dos raios solares

D 570-

-

Nenhum

Resistência a ácidos fracos

D 543

-

Boa

Resistência a ácidos fortes

D 543

-

(a)

Resistência a bases fracas

D 543

-

Boa

Resitência a bases fortes

D 543

-

Boa (b)

Resistência a solventes orgânicos

D 543

-

©

Notas:

(1) 104 cal/seg/m2 (ºC/cm)
(2) cal/ºC/gm
(3) 1/18″ espessura, volta/milésimo de polegada
x = material seco, máx. 0,2% água
y = 50% umidade relativa

-

  1. Atacado somente por alta concentração de ácidos oxidantes.
  2. Atacado por Nh3.
  3. Solúvel em acetona, ésteres, aromatizantes e hidrocarbonetos.
  4. Resiste a vários solventes à temperatura abaixo de 80 ºC.
  5. Os acrílicos tornam-se quebradiços depois de prolongada exposição à luz do sol. Consulte o acrílico preto para maior resistência.
  6. Resistente a solventes comuns, mas dissolvido por fenóis e ácido fórmico.
  7. Sofre pequena mudança de cor, torna-se levemente quebradiço.
  8. Resiste às parafinas, solúvel em aromáticos e hidrocarbonetos clorados.
  9. Pequena perda de resistência. Levemente amarelado.
  10. Solúvel em aromáticos e hidrocarbonetos clorados a 60-93 ºC.
  11. Torna-se fissurado. Recomenda-se o uso de material preto.
  12. Resiste a álcoois, hidrocarbonetos alifáticos, óleos, é solúvel ou altera seu volume com cetonas, ésteres e hidrocarbonetos aromáticos.